sexta-feira, março 19, 2004

Um cheiro peculiar de interior de aeronave. Aeromoças com batom vermelho e futuros do gerúndio nos lábios oferecendo lanches em vasilhames empacotados. Peixe ou carne, senhor? As bebidas vão estar sendo servidas em breve, senhor. Não existe avião nenhum, senhor, só o odor despertando memórias olfativas. Na repartição, pela manhã, tudo diferente. Pessoas fazem alongamento entre os computadores, como o ensaio de um balé desconjuntado. Ruídos de teclas sendo batidas e telefones tocando insistentemente. De repente, nem tão diferente. Um copo de café e um cigarro e começamos a sexta. Shalom.


segunda-feira, março 15, 2004

mídia no iraque

midia no iraque

Alguém que me entende.




Cen·rio cinza. IluminaÁ„o; spot backlight em primeiro plano. Noite americana. Dois atores em cena, o primeiro de costas para o segundo. 3 c‚meras; grua em posiÁ„o.

A: Mais uma noite.

B: Mais uma noite.

A: Cinza, noite cinza. Vai chover.

B: Vou servir a mesa.

Sobe grua. Sobe BG. Desfoque; poste de luz. Chuva artificial. Corta.