quinta-feira, fevereiro 06, 2003







e viva o surrealismo.



GraÁas ‡ Marin„o, estou em minha fase brega-adoro-filmes-da-disney. Playlist: Under the Sea, A Whole New World, Hakuna Matata, I Just Can¥t Wait to Be King, The Lion Sleeps Tonight. Aui maue, aui maue, aui maue...



Em algum lugar me debruÁo sobre a d˙vida de ir a PirenÛpolis ou a Putaqueopariu. Mas n„o h· tempo para discÛrdias, o relÛgio blÈm blom na minha cabeÁa a dar voltas. Dar corda para a inseguranÁa q se instala aos poucos. Deus! J· s„o nove e trinta e dois e eu aqui de pijama...


terça-feira, fevereiro 04, 2003

o artigo pode definir qualquer pronome indefinido


...difÌcil È definir o artigo, re. Anda t„o indefinido...



Saudade de fazer sentido... Mas j· disse q n„o quero, n„o quero! Oras! N„o quero falar q hj eu comi sundae de framboesa e lembrei da June no Mc Donald's depois de ver Crush (O Que Elas Querem) com Marin„o. Nem q eu pedi combo grande pq era mais barato q pedir pipoca mÈdia e coca grande quando eu fui ontem ver Deus … Brasileiro com a Malala. Muito menos q eu j· tÙ de saco cheio de ficar sozinho. Ou talvez eu queira falar sim, sei l·. N„o importa. O que importa È q o Mastercard...





FaÁa alguma coisa nesse 15 de fevereiro prÛximo para acabar com a guerra. Estou pensando seriamente em colocar um nariz vermelho e sair na rua com uma camisa com alguns dizeres parecidos com esse acima. Pq esses caras - BushO, principalmente - devem estar pensando q a gente È palhaÁo!
Obs. imp.: mÈritos da imagem s„o da Dani, muito embora ela ainda n„o saiba q fevereiro È mÍs 2, e n„o 3...
UPDATE: Agora, sim...


domingo, fevereiro 02, 2003

Aquele sorriso gostoso de canto de boca. Deu vontade de botar no colo e levar pra casa. No moves. Only dreams. Sonhando com ele. Eu. NÛs. Um nÛs fictÌcio. Um ele fictÌcio, q È mais f·cil de lidar q com um ele real. Tantos eles, paixıes platÙnicas. E eu sÛ. Vai gostar de sofrer assim na casa do caralho.